Archiprix Portugal
Portugues English


Localização e Metodologia do Caso de Estudo - Herdade do Pereiro
Localização e Metodologia do Caso de Estudo - Herdade do Pereiro

Estrutura Ecológica
Estrutura Ecológica

Estrutura Cultural
Estrutura Cultural

Proposta de Ordenamento e Requalificação | A proposta pode ser dividida em três partes: (1) Ecológica (proteção das linhas de água e charcos temporários, preservação do montado, revestimento das zonas de risco de erosão hídrica do solo e uma piscina ecológica que irá aproveitar a natureza das águas sulfureas), (2) Cultural (classificação do edificado como Conjunto de Interesse Municipal, preservação dos achados arqueológicos e criação de uma rede de percursos pedestres), (3) Económica (introdução de gado de raças autóctones, criação de uma escola de Pastores, reabilitação do edificado e instalação de um centro de interpretação, um museu, um restaurante, uma mercearia e várias unidades de alojamento). Pretende-se a criação de um ciclo auto-sustentável entre a conservação do espaço e o poder económico.
Proposta de Ordenamento e Requalificação | A proposta pode ser dividida em três partes: (1) Ecológica (proteção das linhas de água e charcos temporários, preservação do montado, revestimento das zonas de risco de erosão hídrica do solo e uma piscina ecológica que irá aproveitar a natureza das águas sulfureas), (2) Cultural (classificação do edificado como Conjunto de Interesse Municipal, preservação dos achados arqueológicos e criação de uma rede de percursos pedestres), (3) Económica (introdução de gado de raças autóctones, criação de uma escola de Pastores, reabilitação do edificado e instalação de um centro de interpretação, um museu, um restaurante, uma mercearia e várias unidades de alojamento). Pretende-se a criação de um ciclo auto-sustentável entre a conservação do espaço e o poder económico.

Percursos Pedestres | O aproveitamento dos caminhos existentes para a criação de uma rede de percursos pedestres pela Herdade, classificada como de Pequena Rota (com 14,3 km de extensão), permitirá a observação da sua biodiversidade, assim como vários pontos naturais e culturais. Esta rede de percursos terá ligação a outros existentes na região, elaborados pelo ICNF ou por entidades municipais, interligando a Herdade a Castelo de Vide e a Marvão, criando um percurso de Grande Rota, que possibilita ao visitante uma maior homogeneidade do que pretende conhecer.
Percursos Pedestres | O aproveitamento dos caminhos existentes para a criação de uma rede de percursos pedestres pela Herdade, classificada como de Pequena Rota (com 14,3 km de extensão), permitirá a observação da sua biodiversidade, assim como vários pontos naturais e culturais. Esta rede de percursos terá ligação a outros existentes na região, elaborados pelo ICNF ou por entidades municipais, interligando a Herdade a Castelo de Vide e a Marvão, criando um percurso de Grande Rota, que possibilita ao visitante uma maior homogeneidade do que pretende conhecer.

Atividades Propostas
Atividades Propostas




ÍNDICE PROJETO
 
CONTRIBUTO PARA A SALVAGUARDA E VALORIZAÇÃO DA PAISAGEM RURAL
Universidade de Lisboa

Caso de estudo da Herdade do Pereiro (Marvão – Alentejo)
A paisagem rural de hoje não corresponde à paisagem rural de outrora, encontrando-se em constante evolução e alteração.
A Paisagem Rural está a transformar-se e com ela o pensamento da sociedade. O crescimento de novas dinâmicas no mundo rural desenvolveu o conceito de Multifuncionalidade na Paisagem Rural, que pretende que o rural seja entendido como um espaço agrícola, mas também como um espaço patrimonial (natural e cultural).

Como caso de estudo, elegeu-se a Herdade do Pereiro (ex-libris da vila de Marvão) e assim demonstrar que a multifuncionalidade e a sustentabilidade são a solução para contrariar o abandono do interior do país e proporcionar um modelo que sirva como comparação em casos semelhantes. A metodologia utilizada para estudar a Herdade baseia-se no “Sistema-Paisagem” de Magalhães et al (2007) .

A análise de fatores e culturais permite alcançar a interpretação ecológica e cultural do espaço, obtendo-se as diretivas para uma proposta concisa e sustentável. A integração da Estrutura Ecológica Fundamental e da Estrutura Cultural permite elaborar a Proposta de Ordenamento e Requalificação, que engloba vários usos possíveis para a Herdade, sem colocar em risco o equilíbrio ecológico do sistema.

A proposta pretende devolver à Herdade o reconhecimento da sua importância no desenvolvimento económico da região, criando um ciclo sustentável entre a preservação do espaço e o poder económico, ou seja, a atividade agrária deve ser retomada em tempo integral, o património natural e cultural existente deve ser conservado e passível de interpretação e todo o rendimento gerado permitirá o normal funcionamento do espaço.

Pretende-se a criação de um ciclo auto-sustentável entre a conservação do espaço e o poder económico. Apesar do atual estado do país são vários os incentivos para o meio rural, e a localização da Herdade no PNSSM permite o acréscimo de oportunidades.

MAGALHÃES, M. R., ABREU, M. M., LOUSÃ, M., & CORTEZ, N. (2007). Estrutura Ecológica da Paisagem. Conceitos e Delimitação - escalas regional e municipal. Lisboa: ISAPress.