Archiprix Portugal
Portugues English
ÍNDICE PROJETO
MENÇÃO HONROSA
VERMELHO AZUL
Universidade de Lisboa -
Faculdade de Arquitectura

Quando a Mason & Barry encerrou, em 1966, cem anos de feridas tornaram-se irreprimíveis. Para trás, ficou a terra lavrada pela indústria, cursos de água contaminados e algumas vilas desamparadas.
Assim, delineou-se um modelo sustentável de projecto, que reúne medidas do foro económico, social e ambiental. Propõe-se uma maior aproximação entre as vilas de S. Domingos, Mértola e Pomarão, através da reabilitação das vias de comunicação. Quanto ao complexo mineiro, estão previstas, numa primeira fase, três infraestruturas: um sistema de tratamento das águas ácidas da corta; a reactivação da estação ferroviária, que liga S. Domingos a Pomarão; e o Centro de Investigação Imazighen e do Mediterrâneo (CIIM), pólo satélite do Campo Arqueológico de Mértola.
O CIIM está implantado sobre as ruínas das antigas oficinas das minas, segundo os alinhamentos da pré-existência, fazendo uso das fundações para o novo edifício. Sobre o embasamento de xisto, são utilizados blocos de terra comprimida armados com bambu, articulando assim a matéria da zona, com as exigências antissísmicas actuais. A estratégia bioclimática anual adoptada passa por isolar a envolvente opaca do equipamento do exterior, por modo a evitar perdas de calor acumulado para o exterior no Inverno, e impedir o sobreaquecimento dos espaços interiores no Verão. Os sistemas de arrefecimento propostos prendem-se sobretudo com a protecção contra a radiação solar directa, e sistemas combinados de evaporação e ventilação. Para o primeiro ponto são aplicadas portadas nas janelas; para o segundo, chaminés. São usadas duas tipologias: a convencional; e a chaminé de vento, onde o fluxo de ar é descendente. O CIIM desenvolve-se ao longo do eixo NE-SW, centrado num claustro que distribui o programa. A biblioteca – espaço nobre do projecto – localiza-se a NE, com possibilidade de crescer em torno da sala de leitura. Continuando para NE, encontra-se o jardim de água, onde se combina um programa utilitário (tratamento de águas) com um espaço de lazer.